O jornal britânico The Sun publicou um artigo na tarde desse domingo, 15, com alguns detalhes sobre o suporto retorno de Adele, ainda esse ano. Confira abaixo o artigo traduzido:

Adele criou a sua carreira com baladas sobre corações partidos – mas ela está olhando positivo quando se trata de seu novo álbum. Ouvi dizer que ela finalmente voltará com sua nova música após quatro anos desde seu último álbum.

E será surpreendentemente otimista, apesar de cantar sobre seu relacionamento com Simon Konecki, de quem ela está se divorciando.

Adele está trabalhando duro no álbum há vários meses e enviou uma faixa ainda sem título para os chefes da gravadora, que deve ser o seu single de retorno.

Um insider da indústria da música disse: “A música é otimista e trata do fim de seu relacionamento com seu ex-marido, Simon. Mas é otimista, reflete os bons momentos e é sobre aprender a seguir em frente e criar novas memórias sozinha. Foi difícil para ela colocar colocar seus sentimentos em sua música. Os fãs podem esperar ouvir detalhes pessoais em seu álbum.

O insider ainda revela o possível mês de lançamento da música: “Tudo bem, a música deve sair em novembro, mas ela ainda está trabalhando em tudo”.

A artista favorita do Reino Unido está fora dos olhos do público desde junho de 2017, quando terminou sua turnê mundial de 121 shows pela Europa, Estados Unidos e Austrália, que incluiu shows no estádio Wembley, em Londres.

Adele voltou com alguns compositores e produtores familiares para seu novo álbum. Ela trabalhou com Mark Ronson e o vocalista do One Republic, Ryan Tedder, que já trabalharam em muitas musicas com ela no passado.

Ela também voltou ao estúdio com os conceituados produtores Paul Epworth, que trabalhou em seus dois últimos álbuns, e Jim Abbiss, que esteve envolvido em seus dois primeiros álbuns.

Adele pediu oficialmente o divórcio de Simon na semana passada, cinco meses após anunciar a sua separação.

Seu álbum mais recente, “25”, foi lançado em 2015 e inclui os hits “Hello” e “When We Were Young”. Ele já vendeu mais de 22 milhões de cópias em todo o mundo.

No total, ela já vendeu mais de 60 milhões de álbuns.

Sem pressão, então.